Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Padre Federico Lombardi desmente que o Papa Francisco tenha enviado consultas aos fiéis sobre uniões homossexuais

O diretor do Escritório de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, desmentiu que o Papa Francisco tenha proposto um questionário aos católicos de todo o mundo para lhes consultar sobre as uniões homossexuais ou as pessoas divorciadas, tal e como publicou o jornal italiano "Il Fatto Quotidiano".
Em declarações, o Pe. Lombardi esclareceu que "não é certo" e que "se trata apenas de um documento enviado às Conferências Episcopais de todo o mundo pelo Secretário Geral do Sínodo dos Bispos, Dom Lorenzo Baldisseri, como preparação para o Sínodo dos Bispos", que se celebrará de 5 a 19 de outubro de 2014 e estará dedicado aos "desafios pastorais sobre a família no contexto da evangelização".
O jornal "Il Fatto Quotidiano" se referia às perguntas dirigidas à assistência pastoral a pessoas homossexuais unidas legalmente pelo estado, os pais e mães adotivos do mesmo sexo, e as pessoas divorciadas.
Fazendo referência a estes fatos, o Pe. Lombardi destacou que "uma pergunta não é uma posição doutrinal da Igreja", e explicou que o documento só tem caráter consultivo, faz parte da "praxe" habitual do Sínodo dos Bispos e está dirigido aos Bispos de cada diocese para abordar perguntas pastorais e assistir espiritualmente, entre outros temas, às pessoas em situação familiar irregular.
Por outro lado, o porta-voz do Vaticano assinalou que no próximo dia 5 de novembro será apresentada de maneira oficial a preparação do Sínodo dos Bispos em uma conferência de imprensa. Nela participarão: Dom Baldisseri; o Arcebispo de Chieti-Vasto (Itália), Dom Bruno Forte e Secretário Especial do Sínodo; e o Arcebispo de Budapeste, o Cardeal Peter Erdo e Relator do Sínodo, principais responsáveis pelo Sínodo dos Bispos.

ROMA, 04 Nov. 13 - ACI/EWTN Noticias 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...