Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/10/2017

Queridos filhos,

Falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão.

Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família.

A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco.

Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO.

Meus filhos, não gastem seu tempo pensando sobre o futuro, se preocupando. Que sua única preocupação seja viver bem cada momento de acordo com MEU FILHO. Lá está – paz para vocês!

Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada.


OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

O mundo descarta os doentes. A Unitalsi é chamada a caminhar contra essa lógica de exclusão

O Papa Francisco recebeu neste sábado, na Sala Paolo VI, no Vaticano, cerca de 7 mil fiéis participantes da peregrinação da União Nacional Italiana de Transporte de Doentes a Lourdes e outros Santuários (Unitalsi) por ocasião dos 110 anos de fundação dessa organização.

O Santo Padre saudou com afeto os doentes e portadores de deficiência, acompanhados por voluntários, assistentes eclesiásticos, responsáveis de seções e pelo presidente nacional da Unitalsi.

"Que toda pessoa doente e frágil possa ver no rosto de vocês a face de Jesus e que vocês possam reconhecer na pessoa sofredora a carne de Cristo. Os doentes são uma riqueza para a Igreja e a Unitalsi junto com outras realidades eclesiais receberam o dom e o compromisso de acolher essa riqueza para valorizá-la não só na Igreja, mas em toda a sociedade", disse o Papa Francisco que acrescentou:

"O contexto cultural e social de hoje é bastante inclinado a esconder a fragilidade física, a considerá-la apenas como um problema que exige resignação e pietismo ou às vezes descarta as pessoas. A Unitalsi é chamada a ser um sinal profético e a caminhar contra essa lógica mundana, a lógica da exclusão, ajudando os que sofrem a serem protagonistas na sociedade, na Igreja e também nessa associação. Para promover a inserção dos doentes na comunidade cristã e inspirar neles um forte sentido de pertença, é necessária uma pastoral inclusiva nas paróquias e associações. Trata-se de valorizar realmente a presença e o testemunho das pessoas frágeis e sofredoras, não somente como destinatários da evangelização, mas como sujeitos ativos desta ação apostólica."

O Santo Padre recordou que há 110 anos essa organização trabalha com pessoas doentes ou em condições de fragilidade, seguindo o estilo do Evangelho.

"O seu trabalho não é assistencialismo ou filantropia, mas anúncio genuíno do Evangelho da caridade. É ministério da consolação. E isso é grande, hein? Penso nos membros da Unitalsi espalhados por toda a Itália: vocês são homens, mulheres, mães, pais e muitos jovens que, por amor a Cristo e seguindo o exemplo do Bom Samaritano, não viraram o rosto para o outro lado, diante do sofrimento. O não virar o rosto para o outro lado é uma virtude. Prossigam com essa virtude", concluiu o pontífice.


Cidade do Vaticano, 09/11/2013 - Rádio Vaticano 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...