MUITA ATENÇÃO POVO CATÓLICO !!!

IMG-20171013-WA0083.jpg

Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/10/2017

Queridos filhos,

Falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão.

Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família.

A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco.

Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO.

Meus filhos, não gastem seu tempo pensando sobre o futuro, se preocupando. Que sua única preocupação seja viver bem cada momento de acordo com MEU FILHO. Lá está – paz para vocês!

Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada.


OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Igreja solidária dos pescadores: Mensagem para o Dia Mundial da Pesca (21 de novembro)

Celebra-se nesta quinta-feira, 21 de novembro, o Dia Mundial da Pesca, que tem como objectivo recordar a situação de precariedade em que vivem muitíssimas comunidades de pescadores, que se dedicam a um dos trabalhos mais perigosos do mundo. Deseja-se também sublinhar a importância de preservar os recursos que o mar oferece. Nesta ocasião, o Conselho Pontifício para a Pastoral dos Migrantes e Itinerantes preparou uma Mensagem, que recorda as palavras que Bento XVI dirigiu, em novembro do ano passado, aos participantes no Congresso que teve lugar no Vaticano: “A vós, pescadores, que procurais condições de trabalho dignas e seguras, salvaguardando o valor da família, a tutela do ambiente e a defesa da dignidade de cada pessoa, quereria assegurar a proximidade da Igreja”. 
“O Apostolado do Mar – afirma a Mensagem – quer mais uma vez ser voz dos que não têm voz e denunciar os problemas e as difíceis situações de trabalho e de vida dos pescadores e das suas famílias”. “Renovamos o nosso apelo a todos os governos interessados para que ratifiquem sem mais tardar a Convenção sobre o Trabalho na Pesca, de 2007, a fim de que se garanta aos trabalhadores no mundo das pescas segurança no trabalho, assistência médica contínua, suficientes horas de repouso, um contrato de trabalho e a mesma protecção social de que beneficiam os trabalhadores em terra”.
Recorde-se que mais da metade das pessoas atingidas nas Filipinas pelo .tufão Haiyan são pescadores, que perderam tudo: para além de familiares, as casas e os próprios instrumentos de trabalho. Quem quiser contribuir para o Fundo Especial a favor da gente do mar nas Filipinas encontrará as indicações necessárias no site do Conselho Pontifício . Este Fundo será utilizado para projectos a longo prazo, como reconstrução de alojamento, aquisição de barcos, motores e redes de pesca, e instituição de bolsas de estudo para os órfãos.


Quarta, 20/11/2013 - Radio Vaticano 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...