Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Caminhamos juntos como os discípulos de Emaús

Padre João Wilkes Rebouças Chagas Júnior, missionário da Comunidade Católica Shalom, novo responsável pelo Setor Jovem do Pontifício Conselho para os Leigos (PCL), comentou a função recentemente assumida em entrevista concedida ao comshalom.org.
A principal atividade do Setor Jovem do PCL é a organização das Jornadas Mundiais da Juventude, além disso, o Setor é responsável também pelo Fórum Internacional de Jovens que reúne representantes da juventude de todos os países do mundo, e pela organização de Congressos a nível continental.
“Caminhamos junto com aqueles que trabalham na pastoral juvenil dos países: conferências episcopais, representantes da juventude das novas comunidades, movimentos, congregações e ordens religiosas que se dedicam de maneira particular aos jovens, assim como caminhavam juntos os discípulos de Emaús”- destaca padre João Chagas. 
“Na medida em que a gente caminha, abrimos espaço para que Cristo se faça presente também no meio de nós. Nosso grande objetivo é levar os jovens a encontrar a Cristo. Cristo que eu encontrei na minha vida, na minha juventude”- afirma.
Depois dos estudos de filosofia a Fortaleza, sua cidade natal, chegou a Roma para o bacharelado na Pontifícia Universidade São Tomás de Aquino (Angelicum) e, após 3 anos novamente no Brasil, retornou a Roma para o mestrado em Teologia Espiritual no Instituto de Espiritualidade Teresianum, onde ainda estuda para obtenção do doutorado.
Membro por dois mandatos do Conselho Geral da Comunidade Católica Shalom, padre João desenvolveu por dez anos a função de assistente internacional, trabalhando para a fundação da Comunidade em diversos países da América Latina, África, Europa e Ásia. De 2007 a 2011, a Padre Chagas foi confiada a cura pastoral da paróquia de Santa Ana (Pian Paradiso), na diocese de Civita Castellana (na província de Viterbo).
Desde 2011 padre Chagas já colaborava em Roma com a coordenação da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro, junto ao Padre Enric Jaquinet, da Comunidade Emanuel, responsável pelo Setor Jovem do PCL no último quinquênio.
“Consciente de meus limites, mas desejoso de doar-me inteiramente ao Senhor neste serviço, hoje desejo garantir-vos a minha disponibilidade em vos escutar e caminhar junto a vós na edificação do Reino de Deus”, afirma o sacerdote, em carta aos responsáveis pela pastoral da juventude das conferências episcopais e das associações, movimentos, e novas comunidades internacionais.
A nomeação foi efetivada no último dia 22 de outubro, data em que a Igreja celebra a memória do beato João Paulo II.
“É uma graça divina que isto tenha se concretizado no dia de João Paulo II, porque a Comunidade nasceu aos pés do beato, no desejo de ofertar nossa vida e juventude paras evangelizar os jovens, em especial os mais distantes de Cristo e da Igreja”, afirma o fundador da Comunidade Católica Shalom, Moysés Azevedo, na entrevista acima citada. Para ele, a nomeação significa “alegria, responsabilidade, sinal e fruto”.
O fundador da Comunidade Shalom destacou ainda que “o serviço do padre João como responsável pelo Setor Jovem do PCL é também um fruto da JMJ no Brasil”. Ele acredita que a "nomeação também reflete o que a Igreja espera dos jovens do Brasil e de toda a América Latina com relação à grande responsabilidade de colaborar com a evangelização dos jovens do mundo inteiro”. 

Fortaleza, Zenit - Maria Emilia Marega Pacheco
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...