Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Ano de 2015 estará dedicado à vida consagrada, anuncia o Papa

O Papa Francisco anunciou hoje que o ano 2015 estará dedicado à vida consagrada, ao receber em uma audiência de umas três horas à União de Superiores Gerais que celebrou a sua LXXXII assembleia no Salesianum de Roma, de 27 a 29 de novembro.
No encontro não houve um discurso do Papa preparado com antecipação e se tratou de uma longa conversa fraternal e cordial, com perguntas e respostas. Conforme informa um comunicado da União de Superiores Gerais, o Santo Padre disse que os religiosos "são homens e mulheres que podem despertar o mundo. A vida consagrada é profecia. Deus nos pede que deixemos o ninho que nos acolhe e que saiamos aos limites do mundo evitando a tentação de submetê-los. Esta é a forma mais eficaz de imitar o Senhor".
O Pontífice mencionou logo os quatro pilares da formação: espiritual, intelectual, comunitário e apostólico. É imprescindível evitar qualquer forma de hipocrisia e de clericalismo através de um diálogo franco e aberto sobre todos os aspectos da vida, "a formação é uma tarefa artesanal, não um trabalho de polícia", destacou, e seu objetivo é "formar religiosos que tenham um coração terno e não ácido como o vinagre. Todos somos pecadores, mas não corruptos. Temos que aceitar os pecadores, não os corruptos".
Ao concluir, o Papa disse: "Obrigado, pelo que fazem e pelo seu espírito de fé e de serviço. Obrigado pelo seu testemunho e também pelas humilhações pelas quais têm que passar".

VATICANO, 29 Nov. 13 - ACI/EWTN Noticias  
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...