Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/02/2018

Queridos filhos !

Vocês a quem o MEU FILHO ama, vocês a quem EU amo imensamente com o MEU AMOR MATERNO, não permitam que o egoísmo e o amar muito a si mesmo reinem no mundo. Não permitam que o amor e a bondade fiquem escondidos. Vocês que são amados, vocês que conheceram o AMOR do MEU FILHO, lembrem-se que ser amado significa amar. Filhos MEUS, tenham fé: quando vocês tem fé, vocês são felizes e difundem a paz. As suas almas exultam de alegria. Nestas almas está o MEU FILHO: quando se doam pela fé, quando se doam pelo amor, quando fazem o bem ao próximo, o MEU FILHO sorri em suas almas. Apóstolos do MEU AMOR, ME dirijo a vocês como MÃE, os reúno em torno de MIM porque desejo conduzí-los no caminho do AMOR e da FÉ, no caminho que leva até a LUZ DO MUNDO. EU estou aqui pelo AMOR e pela FÈ; porque desejo abençoá-los, porque EU desejo, com a MINHA BENÇÂO MATERNA, dar a vocês força e esperança no seu caminho. Porque a estrada que conduz ao MEU FILHO não é fácil, é cheia de renúncias, de dar-se, do sacrifício, do perdão e muito, muito amor mas este caminho conduz à paz e à alegria. Filhos MEUS, não acreditem nas vozes falsas que falam de coisas falsas e de luzes falsas: vocês, filhos MEUS, voltem para a SAGRADA ESCRITURA. Com imenso amor EU os vejo e, PELA GRAÇA DE DEUS, EU ME MANIFESTO A VOCÊS. Filhos Meus, caminham COMIGO. Que as almas de vocês exultem de alegria.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Um summit com o Papa para a Síria e o Médio Oriente

Terá lugar a 21 de Novembro no Vaticano um «summit» para a Síria, o Iraque e o Médio Oriente na presença do Papa Francisco, dos patriarcas e dos arcebispos-mores das Igrejas orientais. A notícia foi dada pelo cardeal Leonardo Sandri, prefeito da Congregação para as Igrejas Orientais no discurso de abertura do ano acadêmico 2013-2014 do Pontifício Instituto Oriental, na manhã de sábado, 26 de Outubro. O encontro foi organizado no âmbito da plenária do dicastério a realizar de 19 a 22 de Novembro e que  terá como tema geral para o debate «As Igrejas Orientais católicas 50 anos depois do concílio ecumênico Vaticano II». Será contudo uma ocasião para refletir sobre as reais possibilidades de paz na Síria, Terra Santa e Médio Oriente, e de elevar uma oração colegial pelos cristãos daqueles Países martirizados.
O cardeal recordou que o encontro de 21 de Novembro com o Papa Francisco com os «chefes e padres das Igrejas orientais» se relaciona idealmente com o análogo de 2009 promovido por Bento XVI, ao qual foram dirigidas palavras de agradecimento «pela amizade paterna e pela consideração tão profunda que ele sempre dedicou ao Oriente cristão e sobretudo às Igrejas orientais católicas».
Consideração e amizade que animarão também a plenária do dicastério, durante a qual amplo espaço terão a liturgia e a formação. Pretende-se atribuir uma especial atenção à liturgia para «favorecer a aplicação das normas codicilares em âmbito litúrgico». Na plenária, em relação à atividade do dicastério será tratado o tema da formação, «que se destina a todos os componentes do Povo de Deus, e por isso cada vez mais aos leigos».

Sábado, 26/10/2013 - L'Osservatore Romano
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...