Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/03/2019

“Queridos filhos, os chamo apóstolos do MEU AMOR. Os mostro o MEU FILHO, que é a VERDADEIRA PAZ e o VERDADEIRO AMOR. Como MÃE mediante a GRAÇA DIVINA, desejo guiá-los até ELE. Filhos MEUS, por isto os convido a observarem a vocês mesmos em direção ao MEU FILHO, a olharem para ELE com o coração e verem com o coração onde vocês estão e para onde está andando a vida de vocês. Filhos MEUS, os convido a compreenderem que vocês vivem graças ao MEU FILHO, graças ao SEU AMOR e ao SEU SACRIFÍCIO. Vocês pedem ao MEU FILHO para ser clemente com vocês, mas EU os convido à MISERICÓRDIA. Vocês pedem a ELE para ser BOM com vocês e a perdoá-los, mas já a quanto tempo EU peço a vocês, MEUS filhos, de perdoarem e de amarem a todas as pessoas que encontrarem. Quando vocês compreenderem com o coração as MINHAS PALAVRAS, compreenderão e conhecerão o VERDADEIRO AMOR, e poderão ser apóstolos deste AMOR, MEUS apóstolos, meus queridos filhos.
Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Pontifício Conselho divulga livro do papa sobre Família e Vida

Com ênfase nas crianças e anciãos, foi lançado hoje, no Vaticano, o livro do papa Francisco sobre a Família e a Vida. O volume, publicado em espanhol e italiano, contém 35 textos, escritos entre 1999 e 2013, e aborda, entre outros assuntos, a cultura do diálogo e do encontro; a atenção ao outro; a escola como lugar de acolhida; a família e a solidariedade social; a dignidade do trabalho; eutanásia e aborto; divórcio, e matrimônio entre pessoas do mesmo sexo. 
O livro foi apresentado, na manhã desta quinta-feira 10/10, pelo chefe de departamento do Pontifício Conselho para a Família, padre Gianfranco Grieco. “Hoje, o papa Francisco fala como fazia antes o cardeal Bergoglio. Conceitos claros, imediatos e diretos, que sensibilizam corações, despertam as consciências adormecidas e interpelam as inteligências”, afirmou padre Grieco. 
Os textos do cardeal Jorge Mario Bergoglio evocam, em particular, o Documento de Aparecida 2007, mostrando sua preocupação com a atenção que se deve dedicar às crianças e aos anciãos, para que nunca sejam marginalizados.
O livro foi editado pelo Pontifício Conselho para a Família com a colaboração do Instituto Matrimônio e Família da Universidade Católica de Buenos Aires, Argentina.

Quinta, 10 de Outubro de 2013
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...