Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Papa recebe presidente do Estado da Palestina

Ao receber hoje, 17,  o presidente do Estado da Palestina, Mahmoud Abbas, o papa Francisco manifestou o desejo de que o processo de negociação entre israelenses e palestinos resulte em uma solução justa e duradoura a um conflito cujo final se revela cada vez mais necessário e urgente. 
O pontífice espera que ambas as partes tomem decisões corajosas, com determinação, em favor da paz e com o apoio da Comunidade Internacional. Francisco lembrou que a situação na Síria suscita grande preocupação e que a lógica da violência deveria ceder lugar, o quanto antes, à lógica do diálogo e da reconciliação.
Constatou, com satisfação, os progressos na elaboração de um acordo geral sobre alguns aspectos essenciais da vida e da atividade da Igreja Católica na Palestina.Falou ainda sobre a situação das comunidades cristãs nos territórios palestinos e, em geral, no Oriente Médio enfatizando seu contributo para o bem comum da sociedade.

Quinta, 17 de Outubro de 2013 - cnbb 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...