Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

O santo padre celebrará a missa do dia de Todos os Santos no cemitério Verano, de Roma

Na solenidade de Todos os Santos, dia 1º de novembro à tarde, o papa Francisco celebrará a santa missa na entrada do cemitério monumental de Roma, seguida por uma oração e pela bênção dos túmulos. A informação é do site da  arquidiocese de Roma, que acrescenta que o papa será acompanhado pelo bispo auxiliar e pelo pároco do cemitério.
O enorme campo santo é o principal e mais conhecido da Cidade Eterna, reconhecido como um “museu a céu aberto” graças à quantidade de obras e testemunhos artísticos culturais dos séculos XIX e XX.
O cemitério atual foi criado durante o reinado napoleônico (1805-1814), que decretou que as sepulturas deveriam ficar localizadas fora das muralhas da cidade. O papa Pio VII, ao retornar a Roma, manteve o cemitério após a abdicação de Napoleão.
No cemitério Verano estão enterrados os Zuavos Pontifícios, o corpo militar de elite composto por combatentes voluntários, muitos dos quais morreram ao defender a cidade de Roma antes da sua queda, durante a unificação italiana e o pontificado de Pio IX.

Roma, Zenit  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...