Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

O papa afasta dom Van Elst da diocese de Limburg

Depois de várias e intensas controvérsias levantas na Alemanha durante a semana passada por causa dos gastos excessivos em sua residência, dom Franz-Peter Tebartz-van Elst, bispo da diocese alemã de Limburg, foi suspenso do ministério episcopal.
Em comunicado, a Sala de Imprensa da Santa Sé afirma que "o Santo Padre foi informado ampla e objetivamente sobre a situação na diocese de Limburg [...], onde veio a criar-se uma situação em que o bispo, dom Franz-Peter Tebartz-van Elst, não pode no momento presente exercer o seu ministério episcopal".
Uma pequena comissão foi criada para investigar o prelado, que é acusado de ter empregado uma soma de 31 milhões de euros para reformar a residência episcopal. Diz o 
comunicado: "Depois da visita fraterna de Sua Eminência, o cardeal Giovanni Lajolo, no mês de setembro, a Conferência Episcopal Alemã, após acordo com o bispo e com o Capítulo da Catedral de Limburg, constituiu uma comissão para realizar uma análise minuciosa da construção da sé episcopal".
"Em espera dos resultados das investigações sobre as responsabilidades a este respeito, a Santa Sé considera apropriado autorizar a Sua Excelência, dom Franz-Peter Tebartz-van Elst, um período de permanência fora da diocese [...] Por decisão da Santa Sé, entra em vigor a partir de hoje a nomeação de Wolfgang Rösch como vigário geral”. Rösch, que já estava nomeado para assumir as funções do vicariato geral da diocese a partir de 1º de janeiro de 2014, administrará desde agora a diocese de Limburg durante a ausência do bispo, "com os poderes atrelados ao cargo".
Após furiosa polêmica na Alemanha, dom Van-Elst tinha viajado a Roma no início da semana passada para se encontrar com o papa Francisco. O papa o recebeu na terça-feira, após consultar, nos dias precedentes, o presidente da Conferência Episcopal Alemã, dom Robert Zollitsch, e o arcebispo de Colônia, cardeal Joachim Meisner.
Na véspera da audiência com o papa, o bispo de Limburg também recebeu a visita, em Roma, de seu compatriota mons. Georg Gaenswein, prefeito da Casa Pontifícia e secretário pessoal do papa emérito Bento XVI.

Roma, Zenit
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...