Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/02/2019

“Queridos filhos,

O AMOR e a BONDADE do PAI CELESTIAL os dá revelações que fazem com que a fé em vocês cresça e se compreenda, e os traga paz, segurança e esperança.

Assim também eu, filhos MEUS, por meio do AMOR MISERICORDIOSO do PAI CELESTIAL sempre e novamente os mostro a estrada em direção ao MEU FILHO, em direção à SALVAÇÃO ETERNA. Mas, infelizmente, muitos dos MEUS filhos não querem me escutar, e muitos dos MEUS filhos duvidam.

Mas EU, EU sempre e em todos os tempos, louvei o SENHOR por tudo aquilo que ELE fez em MIM e por meio de MIM. MEU FILHO se dá a vocês, divide o pão com vocês, os dá palavras de VIDA ETERNA, a fim que EU as leve a todos. Vocês, filhos MEUS, apóstolos do MEU AMOR, do que vocês tem medo quando MEU FILHO está com vocês ?

Ofereçam-LHE as suas almas, a fim de que ELE possa morar nelas, e possa fazer de vocês instrumentos da FÉ e instrumentos do AMOR.

Filhos MEUS, vivam o EVANGELHO, vivam o AMOR MISERICORDIOSO ao próximo, e, acima de tudo, vivam o AMOR ao PAI CELESTIAL. Filhos MEUS, vocês não estão juntos por acaso, o PAI CELESTIAL não une ninguém por acaso. O MEU FILHO fala às suas ALMAS e eu faço aos seus CORAÇÕES.

Como MÃE, EU digo a vocês: caminhem COMIGO, amem-se uns aos outros, testemunhem. Não tenham medo, com o seu exemplo, de defender a VIDA, a PALAVRA DE DEUS que é ETERNA e que não muda nunca. Filhos MEUS, quem trabalha na LUZ DO AMOR MISERICORDIOSO e na VERDADE é sempre ajudado pelo CÉU e nunca está sozinho.

Apóstolos do MEU AMOR, que vocês sejam reconhecidos, sempre, entre todos os outros, pelo seu escondimento, pelo seu amor e pela sua serenidade. EU estou com vocês. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

O papa afasta dom Van Elst da diocese de Limburg

Depois de várias e intensas controvérsias levantas na Alemanha durante a semana passada por causa dos gastos excessivos em sua residência, dom Franz-Peter Tebartz-van Elst, bispo da diocese alemã de Limburg, foi suspenso do ministério episcopal.
Em comunicado, a Sala de Imprensa da Santa Sé afirma que "o Santo Padre foi informado ampla e objetivamente sobre a situação na diocese de Limburg [...], onde veio a criar-se uma situação em que o bispo, dom Franz-Peter Tebartz-van Elst, não pode no momento presente exercer o seu ministério episcopal".
Uma pequena comissão foi criada para investigar o prelado, que é acusado de ter empregado uma soma de 31 milhões de euros para reformar a residência episcopal. Diz o 
comunicado: "Depois da visita fraterna de Sua Eminência, o cardeal Giovanni Lajolo, no mês de setembro, a Conferência Episcopal Alemã, após acordo com o bispo e com o Capítulo da Catedral de Limburg, constituiu uma comissão para realizar uma análise minuciosa da construção da sé episcopal".
"Em espera dos resultados das investigações sobre as responsabilidades a este respeito, a Santa Sé considera apropriado autorizar a Sua Excelência, dom Franz-Peter Tebartz-van Elst, um período de permanência fora da diocese [...] Por decisão da Santa Sé, entra em vigor a partir de hoje a nomeação de Wolfgang Rösch como vigário geral”. Rösch, que já estava nomeado para assumir as funções do vicariato geral da diocese a partir de 1º de janeiro de 2014, administrará desde agora a diocese de Limburg durante a ausência do bispo, "com os poderes atrelados ao cargo".
Após furiosa polêmica na Alemanha, dom Van-Elst tinha viajado a Roma no início da semana passada para se encontrar com o papa Francisco. O papa o recebeu na terça-feira, após consultar, nos dias precedentes, o presidente da Conferência Episcopal Alemã, dom Robert Zollitsch, e o arcebispo de Colônia, cardeal Joachim Meisner.
Na véspera da audiência com o papa, o bispo de Limburg também recebeu a visita, em Roma, de seu compatriota mons. Georg Gaenswein, prefeito da Casa Pontifícia e secretário pessoal do papa emérito Bento XVI.

Roma, Zenit
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...