Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/10/2017

Queridos filhos,

Falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão.

Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família.

A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco.

Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO.

Meus filhos, não gastem seu tempo pensando sobre o futuro, se preocupando. Que sua única preocupação seja viver bem cada momento de acordo com MEU FILHO. Lá está – paz para vocês!

Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada.


OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Lançado na Itália livro de Bento XVI sobre a ecologia em relação ao ser humano

O secretário pessoal do Bispo Emérito de Roma, Bento XVI, apresentou faz uns dias uma antologia de textos reunidos em um novo livro sobre a profunda preocupação e os ensinamentos de Joseph Ratzinger sobre a natureza e a ecologia.
Dom Alfred Xuereb disse à Rádio Vaticano que no livro titulado "Por uma ecologia do homem" se vê que "Bento XVI escreve que o homem, se deseja ter o coração em paz, deve ser consciente da conexão entre a ecologia natural e a ecologia humana". "Dali surge um elo inseparável entre a paz na criação e a paz entre os homens", adicionou.
O livro, publicado em italiano pela Libreria Editrice Vaticano, busca "fazer uma contribuição, embora pequena, para conhecer melhor a verdadeira identidade do Papa Bento. Sofro quando escuto comentários que estão muito longe do que ele realmente é", disse Dom Xuereb e adicionou que as palavras do Bispo Emérito de Roma neste livro "estão para ser meditadas".
"Nestes textos reunidos na antologia, Bento menciona a palavra responsabilidade 39 vezes. Isto significa que o homem não é suficientemente responsável ainda, e tampouco se deu conta da importância da pessoa humana".
Segundo a opinião do secretário do Bispo Emérito de Roma "este livro será uma contribuição à humanidade, que pode ser cada vez mais responsável por este dom que o Senhor nos deu, não como patrões, mas sim como custódios".
Depois de destacar a continuidade que observa entre o Bispo Emérito de Roma e seu sucessor, o Papa Francisco, Dom Xuereb recordou também o gosto de Bento XVI pela natureza.
"Não tem sentido cuidar a natureza, as plantas e desprezar o homem. O respeito pelo homem, como consequência, leva a respeitar a natureza", concluiu.

ROMA, 29 Out. 13 - ACI/EWTN Noticias
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...