Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Expectativa para deslocação da imagem de Nossa Senhora de Fátima ao Vaticano

O Bispo da Diocese Leiria-Fátima,  António Marto, declarou que a viagem ao Vaticano da imagem venerada na Capelinha das Aparições vai reforçar a ligação do papado à mensagem de Fátima e a dimensão mundial do santuário.

Segundo D. António Marto, esta escolha é “uma homenagem” e um “motivo de alegria e de honra” que se deve ao fato de Nossa Senhora de Fátima ser “um ícone representativo para todo o mundo cristão”.

Em entrevista à Agência Ecclesia, o prelado explica que “foi uma surpresa” o telefonema que recebeu “em meados de janeiro de 2013”, solicitando, na época, em nome de Bento XVI, que a imagem venerada na Cova da Iria fosse a Roma participar na Jornada Mariana do Ano da Fé, entre sábado e domingo.

Depois da eleição do novo Papa, o prelado recebeu uma carta confirmando que Francisco “manifestava o mesmo desejo”, “para confiar o mundo neste momento de escuridão e de ameaças de guerras”, ao Imaculado Coração de Maria.

Nossa Senhora de Fátima “é a testemunha e o modelo por excelência da fé” e, as aparições ocorreram “num momento histórico da humanidade, que corria o risco de uma autodestruição e da Igreja, que corria o risco do aniquilamento por parte da perseguição de poderes ou potências ateias”, observa D. António Marto.

Os dias 12 e 13 de outubro serão o ápice cume da celebração do Ano da Fé no Santuário de Fátima, e a presença do Secretário de Estado, Card. Tarcisio Bertone, num dos seus últimos atos públicos, “realça esta comunhão e sintonia do Papa com o Santuário”.


Fátima, 09/10/2013BF/Agência Ecclesia - Rádio Vaticano 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...