Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Expectativa para deslocação da imagem de Nossa Senhora de Fátima ao Vaticano

O Bispo da Diocese Leiria-Fátima,  António Marto, declarou que a viagem ao Vaticano da imagem venerada na Capelinha das Aparições vai reforçar a ligação do papado à mensagem de Fátima e a dimensão mundial do santuário.

Segundo D. António Marto, esta escolha é “uma homenagem” e um “motivo de alegria e de honra” que se deve ao fato de Nossa Senhora de Fátima ser “um ícone representativo para todo o mundo cristão”.

Em entrevista à Agência Ecclesia, o prelado explica que “foi uma surpresa” o telefonema que recebeu “em meados de janeiro de 2013”, solicitando, na época, em nome de Bento XVI, que a imagem venerada na Cova da Iria fosse a Roma participar na Jornada Mariana do Ano da Fé, entre sábado e domingo.

Depois da eleição do novo Papa, o prelado recebeu uma carta confirmando que Francisco “manifestava o mesmo desejo”, “para confiar o mundo neste momento de escuridão e de ameaças de guerras”, ao Imaculado Coração de Maria.

Nossa Senhora de Fátima “é a testemunha e o modelo por excelência da fé” e, as aparições ocorreram “num momento histórico da humanidade, que corria o risco de uma autodestruição e da Igreja, que corria o risco do aniquilamento por parte da perseguição de poderes ou potências ateias”, observa D. António Marto.

Os dias 12 e 13 de outubro serão o ápice cume da celebração do Ano da Fé no Santuário de Fátima, e a presença do Secretário de Estado, Card. Tarcisio Bertone, num dos seus últimos atos públicos, “realça esta comunhão e sintonia do Papa com o Santuário”.


Fátima, 09/10/2013BF/Agência Ecclesia - Rádio Vaticano 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...