Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2018

Queridos filhos,

As Minhas palavras são simples, mas repletas de amor materno e de preocupação. Filhos MEUS, sobre vocês se alargam sempre mais as sombras das trevas e do engano, Eu os chamo em direção a luz e a verdade, Eu os chamo na direção de Meu Filho. Somente Ele pode converter o desespero e a dor em paz e serenidade, somente ELE pode dar esperança nas dores mais profundas. O MEU FILHO é a VIDA do mundo, e quanto mais O conhecerem, mais se aproximarão DELE e mais O amarão porque o MEU FILHO é AMOR e o AMOR muda tudo.

ELE torna maravilhoso também aquilo que sem amor pareça para vocês insignificante. Por isso novamente os digo que vocês devem amar muito se desejarem crescer espiritualmente. EU sei, apóstolos do MEU AMOR, que não sempre fácil, porém, filhos MEUS, também as estradas dolorosas são caminhos que levam ao crescimento espiritual, à fé e ao MEU FILHO.

Filhos MEUS, rezem, pensem em MEU FILHO durante todos os momentos do dia, elevem as suas almas até ELE e EU recolherei as suas orações como flores do jardim mais belo e as darei de presente ao MEU FILHO.

Sejam realmente apóstolos do MEU AMOR, deem a todos o AMOR de MEU FILHO, sejam jardins com as flores mais belas.

Com a oração ajudem os seu sacerdotes para que possam ser pais espirituais cheios de amor para todos os homens.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Enviado do Papa em Lampedusa para verificar situação dos sobreviventes ao naufrágio

Nas águas em torno da ilha de Lampedusa, continua a tentativa recuperação dos corpos das vítimas do naufrágio de quinta-feira passada. O número de mortos chegou a 194.

Enquanto o governo italiano enfrenta o tema da lei sobre a imigração, o Papa Francisco enviou à ilha seu Elemosineiro, Dom Konrad Krajewski.

O Arcebispo, que abençoou os corpos, foi encarregado de expressar a solidariedade de Francisco e identificar as necessidades humanitárias mais urgentes. Nesse sentido, as autoridades declaram-se preocupadas com o centro onde se realiza o primeiro acolhimento. Com um total de 250 lugares, atualmente estão alojadas mais de 950 pessoas. A organização Save the Children fez um apelo para que pelo menos os menores sejam transferidos.

A ministra italiana para a Integração, Cécile Kyenge, denunciou as “condições vergonhosas” na ilha, e anunciou que ainda esta semana será discutida a revisão da lei Bossi-Fini sobre a imigração.

Nos próximos dias, chegará a Lampedusa o Presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, para verificar pessoalmente a situação e analisar o que não tem funcionado nas políticas migratórias europeias. De fato, nas fronteiras da comunidade, desde 1998 já perderam a vida 19 mil pessoas.


Fonte: Rádio Vaticano - Lampedusa 07/10/2013
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...