Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Enviado do Papa em Lampedusa para verificar situação dos sobreviventes ao naufrágio

Nas águas em torno da ilha de Lampedusa, continua a tentativa recuperação dos corpos das vítimas do naufrágio de quinta-feira passada. O número de mortos chegou a 194.

Enquanto o governo italiano enfrenta o tema da lei sobre a imigração, o Papa Francisco enviou à ilha seu Elemosineiro, Dom Konrad Krajewski.

O Arcebispo, que abençoou os corpos, foi encarregado de expressar a solidariedade de Francisco e identificar as necessidades humanitárias mais urgentes. Nesse sentido, as autoridades declaram-se preocupadas com o centro onde se realiza o primeiro acolhimento. Com um total de 250 lugares, atualmente estão alojadas mais de 950 pessoas. A organização Save the Children fez um apelo para que pelo menos os menores sejam transferidos.

A ministra italiana para a Integração, Cécile Kyenge, denunciou as “condições vergonhosas” na ilha, e anunciou que ainda esta semana será discutida a revisão da lei Bossi-Fini sobre a imigração.

Nos próximos dias, chegará a Lampedusa o Presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, para verificar pessoalmente a situação e analisar o que não tem funcionado nas políticas migratórias europeias. De fato, nas fronteiras da comunidade, desde 1998 já perderam a vida 19 mil pessoas.


Fonte: Rádio Vaticano - Lampedusa 07/10/2013
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...