Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/02/2018

Queridos filhos !

Vocês a quem o MEU FILHO ama, vocês a quem EU amo imensamente com o MEU AMOR MATERNO, não permitam que o egoísmo e o amar muito a si mesmo reinem no mundo. Não permitam que o amor e a bondade fiquem escondidos. Vocês que são amados, vocês que conheceram o AMOR do MEU FILHO, lembrem-se que ser amado significa amar. Filhos MEUS, tenham fé: quando vocês tem fé, vocês são felizes e difundem a paz. As suas almas exultam de alegria. Nestas almas está o MEU FILHO: quando se doam pela fé, quando se doam pelo amor, quando fazem o bem ao próximo, o MEU FILHO sorri em suas almas. Apóstolos do MEU AMOR, ME dirijo a vocês como MÃE, os reúno em torno de MIM porque desejo conduzí-los no caminho do AMOR e da FÉ, no caminho que leva até a LUZ DO MUNDO. EU estou aqui pelo AMOR e pela FÈ; porque desejo abençoá-los, porque EU desejo, com a MINHA BENÇÂO MATERNA, dar a vocês força e esperança no seu caminho. Porque a estrada que conduz ao MEU FILHO não é fácil, é cheia de renúncias, de dar-se, do sacrifício, do perdão e muito, muito amor mas este caminho conduz à paz e à alegria. Filhos MEUS, não acreditem nas vozes falsas que falam de coisas falsas e de luzes falsas: vocês, filhos MEUS, voltem para a SAGRADA ESCRITURA. Com imenso amor EU os vejo e, PELA GRAÇA DE DEUS, EU ME MANIFESTO A VOCÊS. Filhos Meus, caminham COMIGO. Que as almas de vocês exultem de alegria.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Dia Internacional da Pessoa Idosa: conheça a ação pastoral da Igreja junto à terceira idade

O beato João Paulo II, ao celebrar o dia Internacional da Pessoa Idosa, em 1º de outubro de 1999, destacou que a comunidade cristã pode receber muito da presença dos que têm muitos anos de idade. “Em quantas famílias os netinhos recebem dos avós os primeiros rudimentos da fé! Quantos encontram compreensão e conforto em pessoas anciãs sós ou doentes, mas capazes de infundir coragem pelo conselho bondoso, a oração silenciosa, o testemunho do sofrimento acolhido com paciente abandono! Justamente quando as energias vêm a faltar e se reduz a sua capacidade de movimento, estes nossos irmãos e irmãs tornam-se mais preciosos no desígnio misterioso da Providência”.
A Igreja no Brasil possui um trabalho voltado especialmente para a terceira idade, realizado pela Pastoral da Pessoa Idosa. Ela surgiu em 1993, de um encontro providencial entre Zilda Arns, da Pastoral da Criança, e o geriatra João Batista Lima Filho, que na época presidia, no Paraná, a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia.
Na conversa, os dois perceberam a necessidade de iniciar um trabalho conjunto em prol das pessoas idosas. Nos anos seguintes, foi elaborado o manual “De Bem com a Vida”, de autoria de João Batista Lima Filho e de Sophia Sarmiento, que serviu de base para desencadear o processo de formação dos líderes comunitários. O material, com conteúdo científico sobre o envelhecimento e os cuidados com os idosos, oferecia informações em linguagem simplificada, acessível às pessoas da comunidade.
Em 1996 começou a capacitações dos agentes, em todas as dioceses do Paraná, como projeto-piloto, com a mesma metodologia utilizada na Pastoral da Criança. A partir de 1999, quando se celebrou o “Ano Internacional do Idoso”, o projeto começou a sua expansão para todo o país. A “Carta aos Anciãos”, publicada por João Paulo II foi um marco motivador. “É bonito poder gastar-se até o fim pela causa do Reino de Deus”, diz o texto do beato.
No ano 2000, começou o sonho de uma Campanha da Fraternidade voltada às pessoas idosas, com o apoio de dom Aloysio José Leal Penna, então presidente do Conselho Diretor da Pastoral da Criança. Em 2003, a Campanha foi realizada, com outra conquista importante: a promulgação do Estatuto do Idoso. No ano seguinte, foi fundada oficialmente a Pastoral da Pessoa Idosa.
Esta Pastoral tem por objetivo assegurar a dignidade e a valorização integral das pessoas idosas, por meio da promoção humana e espiritual. Durante encontro com os jornalistas na viagem ao Brasil,  o papa Francisco afirmou que  a Igreja e a sociedade devem valorizar o testemunho dos idosos. “Eles têm a sabedoria, a sabedoria da vida, a sabedoria da história, a sabedoria da pátria, a sabedoria da família. E nós precisamos disto!”, disse. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...