Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 25/10/2018

Queridos filhos! Vocês tem uma grande graça de serem chamados a uma nova vida através das mensagens que EU estou lhes dando. Este, filhinhos, é um tempo de graça, um tempo e um chamado à conversão para vocês e às gerações futuras. Portanto, EU estou chamando vocês, filhinhos, rezem mais e abram seu coração ao MEU FILHO JESUS. EU estou com vocês e amo a todos vocês e abençôo vocês com a Minha Bênção Maternal. Obrigada por terem respondido ao Meu Chamado.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Cristãos perseguidos no mundo

Os cristãos são o grupo religioso mais perseguido em todo o mundo e a situação piorou ao longo dos últimos dois anos. 

A conclusão é da fundação Ajuda à Igreja que Sofre, cujo ramo britânico divulgou nesta última semana, no Parlamento em Londres, um relatório chamado “Perseguidos e Esquecidos?”.

O relatório, - destaca o site da Rádio Renascença - apresentado pelo Arcebispo emérito de Cantuária, Dr. Rowan Williams, faz a análise de 30 países considerados de risco para cristãos e conclui que em dois terços deles a situação destes piorou muito desde 2011.

A chamada “Primavera Árabe”, que já foi apelidada de “Inverno dos Cristãos”, é um dos responsáveis apontados pelo relatório, devido ao aumento do islamismo fundamentalista em países como a Tunísia, Egipto, Líbia e, mais recentemente, Síria.

O relatório apresenta dados estatísticos mas também pormenoriza casos chocantes de perseguição, como por exemplo um homem no Iêmen que foi crucificado por ser cristão, ou um jovem de 17 anos no Egipto que, quando chamado a atenção para cobrir uma tatuagem de um crucifixo no pulso decidiu exibir o crucifixo que usava ao pescoço. Tanto o professor como os colegas começaram então a agredir o jovem, que tentou se esconder no banheiro, mas acabou sendo morto.

O comunismo também é um fator que deve ser levado em consideração na perseguição religiosa no mundo, sobretudo em países como a China, Vietnã e Laos. Neste último país é destacado o caso de nove famílias expulsas da sua aldeia por forças governamentais, que mataram o seu gado e confiscaram os seus bens, por se recusarem a abandonar a sua fé.


Londres, 20/10/2013 - Rádio Vaticano 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...