Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/08/2018

“Queridos filhos,

Com amor materno os convido a abrirem os seus corações à paz, a abrirem os seus corações ao MEU FILHO, a cantar em seus corações o amor ao MEU FILHO, porque somente através deste amor chega a paz da alma.

Filhos MEUS, EU sei que vocês tem a bondade, sei que vocês tem o amor, o amor misericordioso. Mas, muitos dos MEUS filhos ainda tem os corações fechados, pensam que podem agir sem colocar os seus pensamentos ao PAI CELESTIAL que ilumina, diante do MEU FILHO que está sempre e novamente com vocês na EUCARISTIA e que deseja ouvi-los.

Filhos Meus, porque não falam para eles ? A vida de cada um de vocês é importante e preciosa porque é um dom do PAI CELESTIAL para a ETERNIDADE, por isso nunca se esqueçam de agradecê-LO e falar com ELE.

Eu sei, filhos MEUS, que para vocês é desconhecido aquilo que virá depois, porém quando chegar o “depois” de vocês, terão todas as respostas. O MEU amor materno deseja que vocês estejam prontos.

Filhos MEUS, com a vida de vocês coloquem sentimentos bons nos corações das pessoas que vocês encontrarem, sentimentos de paz, de bondade, de amor e de perdão. Através da oração escutem o que lhes diz o MEU FILHO e assim o façam.

Novamente os convido a rezarem pelos seus sacerdotes, por aqueles a quem o MEU FILHO chamou; lembrem-se que eles tem necessidade de orações e de amor.

Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Cardeal Geraldo Majella completa 80 anos

O Arcebispo Emérito Dom Geraldo Majella Agnelo completa neste sábado 80 anos de vida. No dia de ontem os fiéis da Arquidiocese de Salvador estiveram reunidos durante a Celebração Eucarística em ação de graças pelo seu aniversário. 

Biografia – Filho de Antônio e Silvia Agnelo, Dom Geraldo nasceu em Juiz de Fora – Minas Gerais, no ano de 1933. Em 29 de junho de 1957 foi ordenado sacerdote, na Catedral da Sé, em São Paulo, pelas mãos do Cardeal Arcebispo Emérito, Dom Paulo Evaristo Arns. “Caridade com Fé” foi o lema que escolheu para dar seguimento à sua caminhada na Igreja.

No dia 5 de maio de 1978, o Papa Paulo VI o nomeou Bispo Diocesano de Toledo, no Paraná. Recebeu a ordenação episcopal a 6 de agosto do mesmo ano, na Catedral de São Paulo. Em 27 de outubro de 1982 o Santo Padre João Paulo II o escolheu como Arcebispo Metropolitano de Londrina, também no Paraná. De 1983 a 1987 foi presidente da Comissão Litúrgica da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Ao mesmo tempo foi membro do Departamento de Liturgia do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM).

No dia 16 de setembro de 1991 o Papa João Paulo II nomeou Dom Geraldo Majella Agnelo secretário da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos. Um novo momento na vida do arcebispo se iniciava. Em Roma assumiu inúmeros compromissos e responsabilidades, a exemplo da nomeação para membro do Comitê Central do Grande Jubileu do Ano 2000, presidente da Comissão de Liturgia do mesmo Comitê, e membro do Pontifício Comitê dos Congressos Eucarísticos Internacionais.

No dia 13 de janeiro de 1999, João Paulo II o nomeou Arcebispo Metropolitano de São Salvador da Bahia, tendo tomado posse canônica em 11 de março do mesmo ano, iniciando o seu pastoreio na Arquidiocese Primaz do Brasil.

Dom Geraldo foi o 26º Arcebispo de Salvador. Em 2003 foi eleito presidente da CNBB, cargo que ocupou até maio de 2007. Foi um dos presidentes da Conferência Geral do Episcopado Latino-americano e Caribenho, encontro que aconteceu em maio de 2007, em Aparecida, São Paulo. Soma-se a todas essas atribuições, a publicação de livros e artigos.


Salvador, 19/10/2013 - Rádio Vaticano 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...