Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

8º Muticom recebe pesquisadores renomados da comunicação

“Comunicação e participação cidadã: meios e processos” é tema central do 8º Mutirão Brasileiro de Comunicação, que teve início na segunda-feira, 28 de outubro e prossegue até dia 1º de novembro, em Natal (RN). Uma celebração eucarística abriu oficialmente os trabalhos do Mutirão e foi presidida pelo arcebispo de Natal, dom Jaime Vieira Rocha, e concelebra pelo presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação, dom Dimas Lara Barbosa, e demais bispos presentes.
 
A primeira conferência do evento contou com a presença do professor emérito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Muniz Sodré, que possui uma longa trajetória na pesquisa em comunicação e é autor diversos livros. O acadêmico abordou questões relativas à cultura, mídia e religião. “Acredito que a mídia, hoje, se mostra como uma oportunidade para criar um novo tipo de consciência. Temos a internet, que apresenta inúmeras possibilidades. Para os cristãos, esse é um ambiente fértil, e que impõe diversos desafios”, disse.

Nesta terça-feira, 29, as atividades do evento seguem com a Leitura Orante sob a ótica da comunicação e o seminário sobre “Comunicação comunitária e construção da cidadania”, com assessoria da professora Raquel Paiva (UFRJ) e dos debatedores; professor Juciano Lacerda (UFRN) e padre Manoel Filho, da arquidiocese de Salvador.

Constam na programação do evento Grupos de Trabalho (GT) e momentos para troca de experiências entre os comunicadores. Aproximadamente 70 relatos de pesquisa serão apresentados durante os dias de Mutirão.  

Terça, 29/10/2013 - CNBB
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...