Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Laicos e católicos juntos no Pátio dos Jornalistas

O Pátio dos Gentios, iniciativa para o diálogo entre crentes e não crentes promovida pelo Pontifício Conselho para a Cultura, dedicará uma manhã inteira ao mundo do jornalismo e da comunicação. A manifestação “O Pátio dos Jornalistas” está agendada para a quarta-feira 25 de setembro no Templo de Adriano, em Roma, das 9h às 13h30.

O evento será aberto por uma conversa com o cardeal Gianfranco Ravasi, presidente do Conselho Pontifício para a Cultura, junto com o fundador do jornal La Repubblica, Eugenio Scalfari.
Haverá debate entre protagonistas da informação e diretores dos maiores jornais italianos, com a participação de Emilio Carelli (Sky Tg24), Mario Calabresi (La Stampa), Virman Cusenza (Il Messaggero), Ferruccio De Bortoli (Corriere della Sera), Ezio Mauro (La Repubblica), Roberto Napoletano (Il Sole 24 Ore), Constanze Reuscher (Die Welt), Marcello Sorgi (TG1, La Stampa), Marco Tarquinio (Avvenire) e Giovanni Maria Vian (L’Osservatore Romano).

O objetivo é estabelecer uma reflexão entre os protagonistas da informação, crentes e não crentes, sobre questões importantes como a sociedade, a comunicação e o jornalismo, a liberdade e a responsabilidade na informação, a objetividade e a verdade, os vícios e virtudes do jornalismo, a cultura e a fé, o crer e o comunicar.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...