Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/09/2017

Queridos filhos !

Quem melhor do que EU poderia falar para vocês do Amor e da existência do MEU FILHO ?

Vivi com ELE, EU sofri com ele, vivendo a vida terrena, EU provei da dor porque era MÃE.

MEU FILHO amou com pensamentos e obras o PAI CELESTIAL, o DEUS VERDADEIRO, e como ME dizia veio para redimi-los. EU escondi a minha dor com o amor. Vocês, filhos MEUS, tem numerosas perguntas, não compreendem a dor, não compreendem que através do Amor de Deus devem aceitar a dor e suportá-la. Todas as pessoas provam-na em maior ou menor medida, mas com a paz na alma e em estado de graça a esperança existe.

Este é o MEU FILHO, DEUS, nascido de DEUS. As SUAS PALAVRAS são sementes de Vida Eterna e semeadas nas boas almas produzem muitos frutos.

MEU FILHO suportou a dor porque tomou para si os pecados de vocês.

Por isso vocês, filhos MEUS, Apóstolos do MEU Amor, vocês que sofrem, saibam que as suas dores se tornarão luz e glória.

Filhos MEUS, enquanto vocês suportam a dor o CÉU entra em vocês, e em todos em torno de vocês é dado um pouco de Céu e muita esperança !

Obrigada !

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Igreja lamenta vítimas de atentado suicida no Paquistão

Dois terroristas realizaram um ataque suicida com bombas contra uma igreja cristã de 130 anos no norte do Paquistão, matando mais de 80 pessoas.

Poucas horas depois da explosão os bispos católicos do Paquistão emitiram um comunicado condenando os assassinatos ocorridos na igreja anglicana All Saints neste domingo, 22 de Setembro.
Na declaração, Dom Joseph Coutts, arcebispo de Karachi e presidente da Conferência Católica de Bispos do Paquistão, afirmava: “O ataque a inocentes – homens, mulheres e crianças – enquanto rezavam na igreja é um ato vergonhoso de covardia”.
Em entrevista a Associação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (AIS) nesta Segunda-feira, 23 de Setembro, Dom Sebastian Shaw, administrador da Arquidiocese de Lahore afirmou: “81 pessoas foram enterradas ontem, outras ainda estão em condições críticas. Tudo isto foi muito, muito triste”.
Enquanto de acordo com números oficiais 81 pessoas foram mortas – e outras 146 feridas – alguns cristãos do local colocam o número de mortos na casa dos 100.
As explosões ocorreram logo após a cerimônia dominical na centenária igreja localizada no bairro de Kohati Gate na cidade Peshawar, capital da Província de Khyber Pakhtunkhwa (que costumava ser chamada Província da Fronteira Noroeste), onde grupos Islâmicos extremistas possuem um grande número de redutos.
A autoria do ataque foi assumida pelo grupo militante Tahrik-e-Taliban Jandullah por retaliação aos ataques de drones (aviões não tripulados) dos EUA.
Entretanto, um dos principais grupos Talibãs do Paquistão, Tahrik-e-Taliban Pakistan, deixou claro que esta facção não teve responsabilidade alguma pelo ataque.
Em sua declaração o Arcebispo Joseph Coutts afirmou que o incidente “prova” que “a intolerância sectária e religiosa está crescendo ... em proporções alarmantes”. O Prelado exigiu que o governo “tome medidas imediatas para deter os responsáveis pelo ataque” e pediu que as autoridades protejam os lugares de culto das minorias.
Por sua parte, Dom Shaw afirmou que todo o país está alarmado pelas mortes ocorridas no templo cristão. Falando à AIS o bispo disse: “Todos estamos muito, muito tristes com o fato. Todo o povo, especialmente os cristãos – mas creio que todos os paquistaneses – estamos consternados sobre este ocorrido. Todos expressaram seu pesar pela morte destes inocentes”.
O Primeiro-Ministro Nawaz Sharif condenou o ataque, dizendo: “Os terroristas não têm religião e dirigir ataques contra pessoas inocentes vai contra os ensinamentos do Islã e de todas as religiões”.
Após o ataque suicida deste domingo o governo anunciou 3 dias de luto (de 23 a 25 de Setembro), e o Arcebispo Coutts anunciou que as instituições educativas lideradas pela Igreja Católica também permanecerão fechadas neste período.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...