Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/11/2017

“Queridos filhos, olhando vocês em torno de Mim, em torno da sua Mãe, Eu estou vendo muitas almas puras, vejo muitos dos Meus filhos que estão procurando amor e consolação, mas ninguém está oferecendo isso a eles.

Também vejo aqueles que fazem o mal, porque não têm bons exemplos, não conheceram Meu Filho, aquele bem que é silencioso, que se difunde através das almas puras, que é a força que reforça o mundo.

Existem muitos pecados, mas também muito amor. o Meu Filho Me envia, como Mãe, a mesma igual para todos, para que Eu vos ensine o Amor, para que vocês compreendam que são irmãos.

Ele deseja vos ajudar. Apóstolos do Meu Amor, é suficiente o desejo vivo da fé e do Amor, o Meu Filho o aceitará.

Mas vocês têm que ser dignos, ter boa vontade e um coração aberto. O Meu Filho entra nos corações abertos. Eu, como Mãe, desejo que vocês conheçam o melhor possível o Meu Filho, Deus, nascido de Deus, para que vocês conheçam a grandeza do Seu Amor, o qual vocês tanto precisam.

Ele aceitou os seus pecados, conseguiu a Redenção para vocês, mas em troca procura que vocês amem-se uns aos outros. O Meu Filho é Amor. Ele ama todo ser humano, sem diferença, todas as pessoas de todos os povos e nações.

Se vocês, Meus Filhos, vivessem o Amor do Meu Filho, o Seu Reinado já estaria na Terra. Por isso, Apóstolos do Meu Amor, rezem, rezem para que o Meu Filho e Seu Amor estejam mais próximos de vocês, para que vocês sejam exemplos de Amor e possam ajudar àqueles que ainda não conhecem o Meu Filho.

Nunca esqueçam que o Meu Filho, Uno e Trino, Ama. Amem e rezem pelos seus sacerdotes. Obrigada.”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

A razão da nossa esperança

São Pedro em sua primeira carta 3,15c, nos exorta seriamente: “Estai sempre prontos a responder para a vossa defesa a todo aquele que vos pedir a razão de vossa esperança.” Então, qual a razão de nossa fé, do nosso modo de viver, das nossas práticas religiosas? Qual a razão da nossa esperança?
Infelizmente, muitos de nós cristãos e batizados, não saberíamos responder a essa pergunta com convicção. Poucos são os que se aprofundam no mistério da fé, e por isso muitos vivem sem respostas para as próprias dificuldades. É preciso ter clara qual é a razão da nossa esperança. A razão da nossa esperança é Jesus Cristo.
O mundo está cheio de religiões falsas, porque todas elas não se baseiam em Jesus, Homem e Deus, Salvador único da humanidade. São Pedro em Atos 4,12 nos deixa bem claro: Em nenhum outro há salvação, porque debaixo do céu nenhum outro nome foi dado aos homens, pelo qual devemos ser salvos.
Todos os outros métodos e meios de chegar à salvação, que excluem a redenção de Jesus que derramou seu sangue na cruz, são falsos e vazios. E para que tivéssemos acesso a essa salvação, Ele nos deixou Sua Igreja, e por ela, através dos sacramentos recebemos Sua graça. Derramou o Espírito Santo sobre a Igreja para conduzi-la e guiá-la na verdade.
Mas infelizmente, muitos abandonam a Igreja após a primeira Eucaristia ou Crisma. Optam por crescer física e intelectualmente, mas não no conhecimento de Deus. Abandonam a fé, banindo Deus de suas vidas, o Senhor da Glória, para seguir os pobres ensinamentos das criaturas. Trocam o Criador pela criatura e ainda querem se justificar.
O primeiro mandamento é este: “Amarás o Senhor teu Deus, de todo o teu coração, de toda tua alma e todas as tuas forças.” Amar a Deus implica em conhecê-lo antes de tudo. Ninguém ama a quem não conhece. E para conhecê-lo, é preciso buscá-lo nas fontes em que Ele se revela. Jamais O amaremos sem conhecer seus ensinamentos, ensinados pela Igreja, através de sua doutrina baseada nas Sagradas Escrituras.
Gastamos tanto tempo com futilidades. É preciso saber utilizar nosso tempo, dedicarmos um pouco desse tempo para realizar a Lectio Divina (leitura orante da Palavra de Deus). O Espírito Santo nos conduzirá ao conhecimento do que o Senhor tem a nos revelar neste dia.
Dessa forma, estaremos preparados para apresentar aos outros, em nossa defesa, a razão de nossa fé. Sem isso nossa fé será fraca, nosso amor será pequeno e nossa esperança apagada.
Deus conta com cada um de nós para manifestar o seu Reino na terra, mas para isso temos que estar preparados.
Que possamos ouvir do Senhor aquilo que Ele quer realizar através de nossas vidas.

Dinéia Souza de Oliveira
Discípula Corpus Christi
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...