Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/10/2017

Queridos filhos,

Falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão.

Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família.

A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco.

Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO.

Meus filhos, não gastem seu tempo pensando sobre o futuro, se preocupando. Que sua única preocupação seja viver bem cada momento de acordo com MEU FILHO. Lá está – paz para vocês!

Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada.


OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Milhares de cidadãos "fazem bagunça" na Bolívia durante a Marcha Nacional pela Vida

Com o lema “A Bolívia ama a vida”, foram realizadas esta semana várias manifestações em favor da vida desde a concepção até a morte natural em diversas cidades do país andino. A iniciativa é promovida pela Conferência Episcopal Boliviana e conta com a participação de várias igrejas cristãs, universidades, organizações de agricultores e outras instituições.

O jornal El Diario informa que “dezenas de milhares de fiéis de várias igrejas, instituições cívicas, estudantis, crianças, jovens, pais de família e agricultores marcharam em seis capitais do país, repudiando as práticas ilegais do aborto e se manifestando em defesa do direito à vida, de acordo com os valores humanos e cristãos vigentes na Bolívia”.
O jornal, de La Paz, acrescenta que os manifestantes "expressaram rejeição à proposta que tramita na Assembleia Legislativa para legalizar o aborto. A população se pronunciou contra a reforma pedida por várias organizações com apoio internacional”.
A iniciativa foi lançada pela Conferência Episcopal Boliviana (CEB), que declarou: "Como bolivianas e bolivianos, exigimos o amparo jurídico da vida das crianças ainda não nascidas, desde a concepção. A sua identidade não se modifica em razão do seu crescimento, desenvolvimento ou suficiência. Portanto, merece, desde o princípio, a proteção garantida pelos direitos humanos".
Poucas horas antes da manifestação, o presidente do laicato católico boliviano, Victor Hugo Valda, afirmou: “Em toda a Bolívia, nós estamos nos mobilizando a favor da vida e vamos para as ruas ‘fazer bagunça’ como pediu o papa Francisco. Fazer uma bagunça de vida e de amor”, informa o boletim Igreja Viva, da Conferência Episcopal Boliviana.
Participam das marchas muitas organizações e movimentos que defendem a vida “porque a vida é um assunto que não se restringe à fé: é um aspecto dos direitos humanos”.

Em La Paz, a marcha partiu da Praça do Bicentenário, onde se concentraram pelo menos vinte mil pessoas. A mobilização aconteceu em sete departamentos da Bolívia, equivalentes a Estados. Em Oruro e Cochabamba, a marcha se realizará no dia 27 de agosto.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...