Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/07/2017

“Queridos filhos, os agradeço porque responderam ao Meu chamado e porque se reuniram em torno de Mim, em torno da Sua Mãe Celestial. Eu sei que pensam em Mim com amor e esperança. Eu sinto o amor de cada um de vocês, como também a sede do Meu Amadíssimo Filho, que por meio do Seu Amor Misericordioso, sempre e novamente Me envia até vocês. Ele que era homem e Deus Uno e Trino. Ele que por causa de vocês sofreu com o corpo e com a alma. Ele que se fez pão para dar pão às suas almas, para poder salvá-las.

Meus filhos, os ensino como serem dignos do Seu Amor, para poderem dirigir os seus pensamentos a Ele, para poderem viver o Meu Filho. Apóstolos do Meu Amor, os envolvo com o Meu Manto porque como Mãe desejo salvá-los.

Os peço: rezem pelo mundo inteiro. O Meu Coração sofre. Os pecados se multiplicam, são muitos. Mas com a ajuda de vocês, vocês que são humildes, cheios de amor, escondidos e santos, o Meu Coração triunfará. Amem o Meu Filho acima de tudo, e o mundo inteiro por meio Dele.

Não esqueçam nunca que cada irmão seu leva em si algo de precioso: a alma. Por isso, Meus filhos, amem a todos aqueles que não conhecem o Meu Filho, para que por meio da oração e do amor que vem da oração, eles possam tornarem-se melhores, a fim de que a bondade neles possa vencer, para poder salvarem as almas e terem a Vida Eterna.

Meus Apóstolos, Meus filhos, o Meu Filho pediu que amassem uns aos outros; que isto esteja escrito em seus corações e com a oração comecem a viver este amor.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Em telefonema, Papa alivia a dor de vítima de abuso

Uma argentina que denunciou ter sofrido violência sexual de um policial recebeu um telefonema do Papa Francisco. Segundo revelado por Alejandra Pereyra, 44 anos, o gesto do Pontífice lhe deu forças para reivindicar novamente justiça para seu caso. 
“Estou feliz; é como ter sido tocada pela mão de Deus”, assegurou a mulher em declarações ao Canal 10 da província argentina de Córdoba, onde reside.
Alejandra Pereyra contou que dias atrás, escreveu ao Papa pedindo ajuda, pois acredita que a Justiça esteja encobrindo o policial que ela denunciou por abuso sexual. 
“Decidi mandar um email. Ontem (domingo, 25), às 15h50, o telefone tocou. Perguntaram-me se era Alejandra Pereyra. Perguntei quem era e me disse que era o Papa, em resposta ao email”. Segundo ela, a ligação, para seu celular, teria durado cerca de 30 minutos, e a fez “sentir-se de novo em pé”. 
“O Papa me disse que eu não estou sozinha e que justiça será feita”, assegurou Alejandra, para quem Francisco tem “uma voz angelical”.
Ainda de acordo com ela, o Papa lhe disse que recebe milhares de cartas por dia, mas que sua mensagem o comoveu de modo especial, e “tocou o seu coração”.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...