Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/10/2017

Queridos filhos,

Falo a vocês como MÃE, com palavras simples mas cheias de amor e de preocupação, que ME foram confiados por MEU FILHO. É ELE que, do ETERNO PRESENTE, fala a vocês com palavras de vida e semeia o amor nos corações abertos, Por esta razão os peço, apóstolos do MEU AMOR, tenham os corações abertos, sempre prontos à misericórdia e ao perdão.

Pelo MEU FILHO, perdoem sempre ao próximo porque assim vocês terão a paz. Filhos MEUS, preocupem-se com a alma de vocês porque é a única coisa que pertence a vocês realmente. Vocês se esqueceram da importância da família.

A família não deveria ser lugar de sofrimento e de dor mas local de compreensão e de ternura. As famílias que vivem segundo o MEU FILHO, vivem em amor recíproco.

Quando o MEU FILHO era ainda pequeno, ELE ME dizia que todos os homens são SEUS irmãos; por isso lembrem-se, apóstolos do MEU AMOR, que todos os homens que vocês encontrarem são família, irmãos pelo MEU FILHO.

Meus filhos, não gastem seu tempo pensando sobre o futuro, se preocupando. Que sua única preocupação seja viver bem cada momento de acordo com MEU FILHO. Lá está – paz para vocês!

Filhos MEUS, não esqueçam nunca de rezar pelos seus sacerdotes. Rezem para que possam aceitar todos os homens como seus próprios filhos e segundo o MEU FILHO, sejam pais espirituais. Obrigada.


OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Em telefonema, Papa alivia a dor de vítima de abuso

Uma argentina que denunciou ter sofrido violência sexual de um policial recebeu um telefonema do Papa Francisco. Segundo revelado por Alejandra Pereyra, 44 anos, o gesto do Pontífice lhe deu forças para reivindicar novamente justiça para seu caso. 
“Estou feliz; é como ter sido tocada pela mão de Deus”, assegurou a mulher em declarações ao Canal 10 da província argentina de Córdoba, onde reside.
Alejandra Pereyra contou que dias atrás, escreveu ao Papa pedindo ajuda, pois acredita que a Justiça esteja encobrindo o policial que ela denunciou por abuso sexual. 
“Decidi mandar um email. Ontem (domingo, 25), às 15h50, o telefone tocou. Perguntaram-me se era Alejandra Pereyra. Perguntei quem era e me disse que era o Papa, em resposta ao email”. Segundo ela, a ligação, para seu celular, teria durado cerca de 30 minutos, e a fez “sentir-se de novo em pé”. 
“O Papa me disse que eu não estou sozinha e que justiça será feita”, assegurou Alejandra, para quem Francisco tem “uma voz angelical”.
Ainda de acordo com ela, o Papa lhe disse que recebe milhares de cartas por dia, mas que sua mensagem o comoveu de modo especial, e “tocou o seu coração”.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...