Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Cardeal cubano pede canonização de Dom Oscar Romero

São Salvador – Representando o Papa Francisco, o cardeal cubano Jaime Ortega y Alamino presidiu domingo uma missa pelo centenário da Arquidiocese de São Salvador e em sua pregação, pediu a canonização do arcebispo salvadorenho Dom Oscar Romero.

“Pedimos ao Senhor a honra dos altares para Dom Romero”, disse na homilia da missa, celebrada no centro esportivo Santa Tecla (centro). Em condição de enviado papal, Dom Ortega presidiu o encerramento do V Congresso Eucarístico Nacional e os 100 anos de criação da arquidiocese da capital salvadorenha pelo Papa Pio X em 1913.

O núncio apostólico em El Salvador, Léon Kalenga Badikebele; o arcebispo de Tegucigalpa, Cardeal Oscar Rodríguez Maradiaga; os bispos locais e de outros países centro-americanos; dezenas de sacerdotes e seminaristas, e milhares de peregrinos, participaram da Eucaristia.

Cardeal Ortega lembrou na homilia que a última ceia de Jesus Cristo com seus discípulos foi marcada por um “clima de dor e suspeitas”. “O ambiente daquela ceia, carregado de tensão, nos faz pensar na última Eucaristia que Dom Romero não pôde terminar; agora, nesta celebração, sentimos que ele está perto de nós e pedimos ao Senhor a honra dos altares para ele”.
    Dom Romero
Dom Romero foi assassinado por um franco-atirador quando celebrava missa na capela de um hospital de São Salvador em 30 de março de 1980 e está em processo de canonização no Vaticano.

O arcebispo de Havana pediu que “a Eucaristia celebrada a cada dia e aquela Eucaristia que Dom Romero não pôde terminar tragam para este querido país, que tem o nome do Salvador do Mundo, um grande anseio de reconciliação, o rechaço total à violência e sementes de paz aos corações e
na sociedade”. Após a missa, houve uma breve procissão.

O V Congresso Eucarístico Nacional segue as edições celebradas em 1942, 1964, 1992 e 2000.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...