Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/07/2017

“Queridos filhos, os agradeço porque responderam ao Meu chamado e porque se reuniram em torno de Mim, em torno da Sua Mãe Celestial. Eu sei que pensam em Mim com amor e esperança. Eu sinto o amor de cada um de vocês, como também a sede do Meu Amadíssimo Filho, que por meio do Seu Amor Misericordioso, sempre e novamente Me envia até vocês. Ele que era homem e Deus Uno e Trino. Ele que por causa de vocês sofreu com o corpo e com a alma. Ele que se fez pão para dar pão às suas almas, para poder salvá-las.

Meus filhos, os ensino como serem dignos do Seu Amor, para poderem dirigir os seus pensamentos a Ele, para poderem viver o Meu Filho. Apóstolos do Meu Amor, os envolvo com o Meu Manto porque como Mãe desejo salvá-los.

Os peço: rezem pelo mundo inteiro. O Meu Coração sofre. Os pecados se multiplicam, são muitos. Mas com a ajuda de vocês, vocês que são humildes, cheios de amor, escondidos e santos, o Meu Coração triunfará. Amem o Meu Filho acima de tudo, e o mundo inteiro por meio Dele.

Não esqueçam nunca que cada irmão seu leva em si algo de precioso: a alma. Por isso, Meus filhos, amem a todos aqueles que não conhecem o Meu Filho, para que por meio da oração e do amor que vem da oração, eles possam tornarem-se melhores, a fim de que a bondade neles possa vencer, para poder salvarem as almas e terem a Vida Eterna.

Meus Apóstolos, Meus filhos, o Meu Filho pediu que amassem uns aos outros; que isto esteja escrito em seus corações e com a oração comecem a viver este amor.

Obrigada.

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Que o mundo descubra o amor, a verdade e a justiça

Uma sociedade que quer ser livre e justa deve descobrir nas suas relações o respeito pela posição do outro sem perder a sua individualidade. O mundo, muitas vezes, vai pela contramão da boa convivência e do dialogo entre as pessoas, mas devemos procurar o caminho do entendimento e da paz.. Não se pode ter uma paz duradora se não houver o amor, a verdade e a justiça entre todos.
As ideologias humanas, muitas vezes, são entraves para o direito humano de valorização da vida em todos os estágios. Não podemos permitir a cultura da morte e do descartável entre nós. As crianças tem o direito de nascer e os idosos tem que ter uma finitude respeitada, sendo assim a sociedade se humaniza e vive os valores da dignidade humana, mas é preciso que todos se respeitem, sem impor uma posição ou uma reinvindicação a outro.
Não se pode querer uma coisa se eu não respeitar a vida do outro, mas o dialogo e a boa convivência entre as pessoas vai fazer a diferença no mundo.
A pluralidade de ideias, de posições politicas e de religiões diversas deve ter um franco dialogo e respeito, pois todos buscam as verdades e elas vão convergir numa verdade plena que chega a Deus, que é principio e fim de tudo.
As palavras do nosso Papa Francisco para o tempo de hoje é uma orientação segura de um pastor que leva o seu rebanho para Cristo na autenticidade e vivencia da fé. Que a Igreja seja o sinal de acolhida e respeito a todos e que ela seja uma porta aberta onde todos têm lugar e vez. Que ela seja simples e pobre para transmitir a mensagem salvadora de Cristo que é sempre atual para nós. As pessoas possam ser portadores de paz e concórdias entre todos em Cristo.
Todos são chamados a ser missionário de Cristo, sendo irmãos e irmãs de todos, pois juntos somos mais para construir uma sociedade justa e fraterna. Não sejamos entraves para que outros possam entrar e ser ouvido e acolhido como filho e filha de uma Igreja missionária e discípula de Cristo.
A JMJ foi uma demonstração que é possível a confraternização dos povos em vista da paz e respeito pelo ser humano. Não pode haver intolerância entre as pessoas e sim uma busca de um denominador comum que busca soluções dos impasses criados pela sociedade moderna.
A Igreja quer ser parceira nas soluções das desigualdades sociais, econômicas e humanas, mas para que isso aconteça é preciso que haja a sinceridade e abertura de corações entre as pessoas. Ninguém deve ficar de lado do Banquete da vida e cada um deve ter um lugar na mesa sem privilégios, pois isso ajuda a ter mais vida e todos vão sentir saciados em suas vidas, levando-os a uma dignidade valorizada e respeitada por todos.
Que Deus nos ajude a encontrar o caminho, do amor, da solidariedade e da partilha de dons em vista do bem comum e que todos tenham vida sempre. Amém!

Bacharel em Teologia  Benedito Schumann 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...