Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Em que nível cristão você verdadeiramente se encontra?

A carta de São Paulo aos coríntios, nos traz um elemento que nos faz refletir. Paulo se lamenta enormemente que os cristãos de Corinto são infantis, são caprichosos, são crianças e, por isto mesmo, incapazes de um alimento mais sólido. E assim Paulo lhes deve dar apenas o leite espiritual. É exatamente esta a queixa que nós, na continuação e no prolongamento de Paulo, fazemos a muitos cristãos. Se de um lado muitos cristãos têm de que se queixar de seus sacerdotes, de seus pastores, por outro lado os pastores também têm as suas queixas com relação ao rebanho.

Existem pessoas que, apesar da idade, apesar do currículo cristão, apesar do conhecimento teológico que têm, apesar de tantos anos em igreja e ativamente lá dentro, ainda são infantis. E como se sabe se alguém é infantil ou é maduro? Bem, através do comportamento! As pessoas infantis são caprichosas, as pessoas infantis não são capazes de um progresso em Cristo, as pessoas infantis e imaturas semeiam discórdias, as pessoas infantis se julgam acima do bem e do mal, as pessoas infantis são incapazes de aceitar a correção, pessoas infantis e imaturas são, numa palavra, impedidas de crescimento. E é lamentável ver em igreja, pessoas que, há tantos anos, não fizeram nenhum progresso qualitativo. É lamentável notar pessoas que depois de tantos anos, e até mesmo com cargos que ocupam, ainda são carnais.

É fácil, repito, detectar a carnalidade. Sempre que em uma comunidade existe rivalidade, sempre que em uma comunidade existe choque, sempre que em uma comunidade existe falta de caridade, bem, esta comunidade é ainda infantil, esta comunidade não pode receber alimento mais sólido e há mais, esta comunidade fica impedida de receber graças muito mais preciosas que Deus daria ou concederia a todo aquele e aquela que faz realmente progresso, a todo aquele e aquela que deixam de lado o infantilismo, os caprichos e são, ou dão mostra, de um cristianismo mais autêntico. Estes são os homens espirituais, estas são as mulheres espirituais, estes são capazes de perdoar, estes são capazes de irem ao irmão que tem alguma coisa contra eles, não esperar que o irmão venha ao seu encontro. Tudo isto é a característica, é o semblante de um homem maduro na fé.

Você que lê este texto, em que nível cristão verdadeiramente se encontra?


 - Por: Padre Fernando Cardoso
 - Fonte: Catolicismo Romano

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...