Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Papa Francisco lamenta "incredulidade" e diz que a oração faz milagres

O Papa Francisco afirmou no Vaticano que é preciso lutar contra a “incredulidade” e rezar de forma “corajosa” para que os milagres aconteçam. “Mas porque há esta incredulidade? Penso que é porque o coração não se abre, um coração fechado que quer ter tudo sob controlo”, disse, na homilia em missa a que presidiu na capela da Casa de Santa Marta. Esta incredulidade que “todos” tem dentro de si, acrescentou o Papa, requer uma “oração humilde e forte”, como pedia Jesus. “A oração para pedir um milagre, para pedir uma ação extraordinária, tem de ser uma oração comprometida, que envolva todos”, acrescentou.

Francisco recordou, neste contexto, um episódio que aconteceu na Argentina, sua terra natal, quando o pai de uma menina de 7 anos foi rezar ao Santuário de Lujan, dedicado à Virgem Maria, numa viagem de 70 quilómetros.

“Chegou depois das nove da noite, estava tudo fechado, e ele começou a rezar a Nossa Senhora, com as mãos na cancela de ferro. Rezava, rezava, chorava e rezava, e assim ficou toda a noite. Este homem lutava”, relatou.

Ao regressar ao hospital, na manhã seguinte, a filha estava sem febre e a respeitar normalmente, sem que os médicos soubessem explicar o que se tinha passado.

“Isto ainda acontece, não é? Há milagres”, realçou o Papa.

Segundo Francisco, “a oração faz milagres” mas é preciso “acreditar”, de forma “corajosa”, lembrando também as pessoas que sofrem “nas guerras, os refugiados, todos os dramas que existem”.


Fonte: Site Catolicismo Romano
Postado por: Paulo Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...