Mensagens de Nossa Senhora em Medjugorje no dia 02/12/2017

“Queridos filhos, Me dirijo a vocês como sua Mãe, a Mãe dos justos, a Mãe daqueles que amam e sofrem, a Mãe dos santos.

Filhos Meus, também vocês podem ser santos: depende de vocês. Santos são aqueles que amam imensamente o Pai Celestial, aqueles que O amam acima de tudo.

Por isso, filhos Meus, procurem ser sempre melhores. Se procuraram ser bons, podem ser santos, também se não pensam isto de vocês. Se vocês pensam ser bons, não são humildes e a soberba os distancia da santidade.

Neste mundo inquieto, cheio de ameaças, as suas mãos, apóstolos do Meu amor, devem estar estendidas em oração e em misericórdia. Para mim, filhos Meus, presenteiem o Rosário, as rosas que tanto amo!

As Minhas rosas são as suas orações feitas com o coração e não somente recitadas com os lábios. As minhas rosas são as suas obras de oração, de fé e de amor.

Quando era pequeno, Meu Filho me dizia que os Meus filhos seriam numerosos e que me trariam muitas rosas.

Eu não compreendia, agora sei que vocês são aqueles filhos, que trazem rosas quando amam o Meu Filho acima de tudo, quando rezam com o coração, que ajudam os mais pobres. Estas são as Minhas rosas!

Esta é a fé, que faz que tudo na vida se faça por amor; que não conhece a soberba; que perdoa sempre prontamente, sem nunca julgar e procurando sempre compreender o próprio irmão.

Por isso, apóstolos do Meu amor, rezem por aqueles que não sabem amar, por aqueles que não os amam, por aqueles que os fizeram mal, por aqueles que não conheceram o Amor de Meu Filho. Filhos Meus, os peço isto para que lembrem que rezar significa amar e perdoar. Obrigada !”

OBS: Esta mensagem é um carinho de Nossa Senhora para você... As matérias do blog seguem abaixo, aproveite!

Benção Meu Padim Cícero!

Todos os anos milhares de romeiros vão à cidade de Juazeiro, no Ceará, pedir a proteção de Nossa Senhora das Dores. E se isso ocorre é porque Padre Cícero, que fora em vida o grande líder espiritual, conselheiro e provedor desses romeiros, sempre desejou e estimulou a devoção a Nossa Senhora das Dores e ao Sagrado Coração de Jesus. É impossível pensar aromaria de Juazeiro destituída de seu caráter mariano. O próprio Cícero via Juazeiro como um local sagrado, uma “terra santa”.
Entretanto a romaria de Juazeiro, como é notório, não se restringe a esse caráter mariano. Compreendida e vivida como cidade santa pelos romeiros, Juazeiro tem na sua história e nas romarias que a ela se dirigem a presença marcante do próprio Pe. Cícero. Os rosários, os benditos, as celebrações litúrgicas e devocionais dedicadas a Nossa Senhora das Dores são entrecortadas e permeadas por manifestações devocionais ao “Padim Cícero”. Peregrinar ao Juazeiro é ao mesmo tempo uma romaria mariana e “ciceroniana”.
Ao abordar o significado da figura do “Padrinho” nas romarias de Juazeiro. Trata-se sobretudo de uma reflexão sobre amaneira como os romeiros constroem a figura de um “Padrinho” que é Santo (santo como o são todos aqueles a quem se atribui capacidades demiúrgicas e uma vida cristã exemplar), masque antes de tudo é um “padrinho”, isto é, alguém cujo vínculo se dá por meio de laços afetivos estreitos. Um “Padrinho” que, além de grande líder espiritual e modelo de referência moral, esta sempre disposto em atende-los nas suas necessidades materiais e físicas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...